terça-feira, 26 de abril de 2016

Balanço - primavera

Tenho andado com vontade de rabiscar aqui e ali. Coisas soltas. Palavras ou frases que soam bem. Vontades e desvontades. Rabiscar ou escrevinhar sobre tudo e sobre nada. Uma espécie de diário sem regras e sem dever. Gosto de o levar comigo quando vou ler o meu livro ou as minhas revistas ou blogs; quando vou sair vai comigo para o caso de me apetecer apontar qualquer coisa.

Inspirei-me aqui e saiu qualquer coisa como isto, para fazer o balanço do primeiro terço do ano...
Comecei a completar há uns dias e hoje termino.

A fazer limpezas (literais e mentais)
A cozinhar massas frescas.
A beber água com limão.
A ler "As gémeas do Gelo", dica da Dina.
A querer caminhar mais.
A ansiar sol e calor.
A tocar Ray Charles na playlist.
A brincar às cabeleireiras com ela.
A decidir o que levar para Milão. [agora que já voltei, estou a decidir a próxima viagem]
A desejar (só) mais um abraço.
A apreciar a cumplicidade pai-filha.
A esperar o fim da hibernação do Sonic [já acordou!!! ontem já o fui cumprimentar ao jardim]
A gostar de costurar.
A sonhar com as próximas mini-férias.
A adorar ver a complexificação dos diálogos com ela.
A reflectir sobre o que é realmente importante.
A considerar uma ida ao jardim zoológico.
A ver Anatomia de Grey (season 12)
A pensar como comemorar o nosso aniversário (já lá vai e foi ótimo).
A maravilhar-me com gravidezes alheias.
A precisar de acordar mais cedo.
A questionar um corte de cabelo radical.
A cheirar o cabelo dela.
A usar saias.
A seguir o crescimento do novo pessegueiro.
A reparar na azáfama das andorinhas no cimo da janela do meu quarto.
A saber ... esperar.
A admirar os meus morangueiros.
A organizar todas as roupinhas pequeninas que deixaram de servir.
A comprar roupas maiores.
A preparar um chá quentinho para rematar o final da noite.
A marcar um encontro com as amigas.
A não gostar de ver o noticiários.
A abrir um vinho só para dois, só porque sim.
A gargalhar pouco, mas a sorrir muito.
A sentir vontade de viver!
A cobiçar mais árvores de fruto para o jardim.
A petiscar bolachas, sempre as bolachas...
A ajudar a bailarina a ser mais autónoma. [até para serem autónomos precisam de ajuda].
A ouvir o meu coração.


Será que inspirei alguém a fazer o mesmo? 


1 comentário:

Lulu walkingonsunshine disse...

Minha querida Sara
Saudades de passar por aqui :) :) :)
Sim inspiraste muito minha querida .
Por tudo isto é que anda mais afastada da blogosfera ,ando a encher o meu coração com tantas das coisas que aqui referes e não só
Viva á vida viva á luz que irradia apor aqui .
Parabéns também pelo aniversário da tua filhota ,adorei o bolo e a simplicidade da festa ,que BOM
bjs
Lulu


Vê também...

Related Posts with Thumbnails