sexta-feira, 12 de julho de 2013

Um ano sem compras...

Pois bem, nunca cheguei a partilhar esta minha vontade de PARAR de comprar artigos só porque sim (principalmente roupas para moi) já que tenho dezenas de roupa que todos os anos não chegam a ser usadas por falta de tempo... 

Quantas vezes fico de rastos, no final de cada estação quando arrumo as roupas, por me aperceber que me esqueci (?!) de usar esta e daquela peça de roupa linda e que adoro, só porque tinha montes de coisas para vestir...

Sim! Infelizmente (até me custa dizer...) tenho roupa demais!!!
Só para terem uma ideia,  tenho ideia que conseguiria ter roupa por passar a ferro durante alguns meses sem sentir falta delas no roupeiro!  

Olhem que com o calor que faz, dá imenso jeito não ter de fazer sauna para passar a roupa a ferro... eheheheh


Bem, mas já estou a fugir do assunto!!!

O que prometi a mim própria faz recentemente um ano com direito a dedos cruzados e beijinhos dos dois lados, foi que durante um ano não compraria NADA!!!

Os primeiros 8-9 meses nem custaram nada, nadinha aliás... Nem me lembrei disso e nem senti falta, mas confesso que perto de completar os 12 meses cometi um pecadinho e numa fase de crise de identidade, comprei uma ou outra pecinha (como quem diz sapaaaatos...) que me alimentou a "fome" e principalmente o ego, que nestas coisas é o mais importante de tudo! 

Apesar da "facadinha", considero ter cumprido na totalidade o desafio auto-proposto. Um ano sem compras para mim foi uma conquista e uma alegria enorme, porque aprendi essencialmente a valorizar as coisas que tenho e que adoro!

E vocês, conseguiriam fazer o mesmo?! :D
Há mais algum auto-proposto? :P

1 comentário:

Paula_2700 milhas disse...

Fiz o mesmo, durante o ano passado! Por acaso até nem foi por ter roupa a mais, mas por achar que tinha a suficiente: um dia tirei TUDO para fora do armário, experimentei a fazer várias combinações e surpreendi-me, porque todas as peças eram coordenáveis e vi que era possível fazer muitos mais conjuntos do que aqueles que inicialmente pensava.

E cumpri o desafio a que me auto-prupus. É difícil, porque um ano é muito tempo e há saldos, oportunidades, tentações... mas consegue-se e sabe muito bem! Cheguei ao fim a achar que tinha feito sentido.

Um beijinho

Vê também...

Related Posts with Thumbnails