terça-feira, 19 de abril de 2011

"Arejar"

"Arejar" é uma expressão que redescobri! E o sentido que os dinamarqueses lhe dão é um sentido bem diferente do que nós, portugueses,  normalmente utilizámos... 

Pôr um bebé/ pequena criança a arejar, significa colocar os bebés a dormir ao relento! Para nós pode parecer despropositado, cruel até, mas a verdade é que o fazem diariamente aos bebés e crianças pequenas.

Não é que elas passem a noite, cá fora, apenas fazem pequenas sestas cá fora, porque acham que faz bem ao desenvolvimento destas.

Outra coisa que fiquei espantada em saber é que, as mães se tiverem um parto de manhã, ao fim da tarde já vão embora e passam a noite em casa e é de salientar que a taxa de mortalidade infantil é ainda inferior à nossa e arrisco a dizer que com isto o sistema de saúde poupará bastante, não concordam?

Com esta história, fiquei a pensar se "apaparicamos" demais os nossos bebés... Será?
O que posso concluir é que as tradições são isso mesmo, tradições! A nós pode-nos meter um pouco de confusão, mas para eles é a coisa mais normal de se fazer. Vai-se a ver e eles ficariam espantados com outras coisas que fazemos que nem lhes passaria pela cabeça...

7 comentários:

Ghost Writer disse...

Sempre quando fico nervoso, saio para dar uma volta e "arejar", agora vejo o significado da palavra.

Sempre adquire-se cultura no mundo dos blogues.

Cada país traz consigo suas histórias e tradições, algumas viáveis, outras menos e o interessante seria quebrarmos um pouco as nossas, termos a mente aberta a novos costumes e buscar uma vida diversificada.

http://escritoslisergicos.blogspot.com

Sara disse...

Ghost writer, concondo plenamente! Por vezes, o ideal seria "abraçarmos" as tradições que não são nossas e vivermos um pouco mais intensamente. É por isso que gosto tanto de viajar! Em Roma, faz como os romanos ;)

Verinha disse...

Olha eu preciso de "arejar" a cabeça ao domingo para bem da minha sanidade mental! lol
Também uso muito o "espairecer"
Não fazia ideia que punham crianças a fazer a sesta ao ar livre! Mas olha que eu já fiz uma sestas ao ar livre quando era miuda e sabe mesmo muuuuito bem! lol

Bjks***

Faz de Conta disse...

Não fazia ideia!
Parece-me bem e se as estatística mostram resultados melhores que os nossos, dá que pensar...

Isaal disse...

Tenho uma amiga que viveu uns anos em Inglaterra e teve lá um dos filhos, e a bébé nasceu à noite e no outro dia seguinte de manhã ela teve alta ou seja nem 24 horas esteve no hospital.

Por acaso arejar é uma expressão que eu utilizo bastante, e gosto muito de arejar!!!!!

luarte disse...

Amanhã também vou arejar durante uns dias que bem estou a precisar.
Gostei de saber essa informação que partilhaste.
E é verdade que nós somos o país em que se apaparica mais os bebés. Eu diria as crianças e cada vez há maiores restrições no que se pode e não se pode fazer. Muitas coisas são obviamente exageradas e em nada contribuem para um crescimento saudável e feliz. Beijocas

Acabar com o caos disse...

Olá!
Eu vivo na Alemanha e aqui os proprios médicos dizem para todos os dias andar com as criancas na rua pelo menos meia hora, nem que chova ou neve, dizem sempre bem quentinhos para apanharem o ar fresco, a ideia é a mesma.
Quando a minha filha nasceu eu quis vir logo para casa, aqui posso escolher se quero ficar ou se quero um parto "ambulante" quer dizer que se estiver tudo bem com a mae e filha posso vir para casa. A minha filha nasceu num domingo à tarde e na segunda de manha vim para casa, tive que dormir lá porque perdi muito sangue. O que é certo é que nessa altura havia muitos recem nascidos a irem para os cuidados intensivos com um virus que apanharam no hospital e a minha filha nao teve nada! quando nasceu o meu filho queria fazer o mesmo, infelizmente desta vez perdi ainda mais sangue e desmaiei, e entao já nao me deixaram vir!

Vê também...

Related Posts with Thumbnails