terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Pé preto

É graças a um pé preto que tenho andado feita tonta a tratar das coisas usuais de casa, do trabalho, das lides domésticas e das mil e uma coisas que necessita o "pé preto" (leia-se maridinho do meu coração).

Só nestas situações é que nos apercebemos o quão importante é sermos autónomos e conseguirmos fazer as coisas mais básicas do dia-a-dia, tais como tomar banho, vestir a roupa, descer e subir escadas ou preparar o pequeno-almoço...

Não me estou a queixar, aliás, o que mais me irrita é mesmo dar constantemente com ele a tentar fazer isto e aquilo, arriscando-se a piorar a situação, apenas para não me ver atarefada a cuidar das roupas, das refeições, dos cães, etc.

Agrada-me pensar que se fosse eu, ele faria tudo e mais alguma coisa para me pôr confortável... E neste momento, tudo o que quero é que se ponha bom e o mais rápido possível e isso só acontecerá com repouso, o máximo que puder.

3 comentários:

Isaal disse...

Que chatice!!!!
As melhoras, espero que fique bom depressa!!!!

Paula disse...

Que o "pé preto" fique branquinho depressa! As melhoras!

Sarokas disse...

rápidas melhoras! ;)

Vê também...

Related Posts with Thumbnails