quinta-feira, 18 de março de 2010

IRS - Ajuda

Além de mim, alguém ouviu falar ou é conhecedor de alguma proposta de lei que diga que os casados podem fazer o IRS em separado?

Há uns tempos ouvi na rádio que seria possível, mas quando questionei o contabilista que me ia tratar da papelada, disse-me que não sabia de nada e depois de se ter informado referiu que a proposta fora feita, mas não entrou ainda em vigor e mesmo se entrasse apenas seria útil para os separados/divorciados... Não faz muito sentido, pois não?
Será que é mesmo assim? Nenhum de vocês tem conhecimento se, de facto, podemos fazer em separado?

Este ano, pela primeira vez o meu banco entregou duas declarações para o crédito habitação uma em nome de cada proprietário. Estranho, não? Eu fiquei logo a pensar que seria por causa disso!
Vejam um pouquinho mais sobre isto aqui.

11 comentários:

Sónia Meirinho disse...

Olá!! Olha, eu sei o básico mas julgo que os casais nao são obrigados a declarar em conjunto. Funciona um pouco como na uniao de facto, só declaram juntos se quiserem. Mas é informares-te melhor!! Beijinhos

Sarokas disse...

sinceramente não ouvi falar em nada, vai ao site das finanças e tenta ver se por lá há algum contacto onde te possam ajudar!

Segundo Olhar disse...

Também precisava de saber isso... É o nosso primeiro IRS como casados mas queriamos ver se faziamos em separado, dava mais jeito ;)

Vou ficar atenta às respostas.

Sara disse...

Sónia, os casais não são obrigados a fazer em separado, mas podem fazê-lo caso seja benéfico e no meu caso sou mehor reembolsada se fizer em separado do que em conjunto.

Sarokas, ontem o meu contabilista ligou para as finanças à minha frente e quem atendeu nunca tinha sequer ouvidao falar de tal coisa, apesar de ter sido falado nos meios de comunicação social.

Segundo Olhar, o mais provável é não termos a possibilidade de o fazer em separado. :(
A proposta foi feita em Outubro de 2009, voltou a falar-se nela em Janeiro, mas o que ainda não consegui verificar foi se durante a apresentação do orçamento de estado para 2010 foi para a frente ou não, mas como está difícil de descobrir é porque não terá ido adiante.

Susana disse...

Oi Sara

Acho que essa ideia não chegou a ser incluída no OE2010 (http://www.maisvalias.com/2010/01/29/orcamento-de-estado-2010-analise-detalhada-a-proposta/), esta é ainda a análise à 1ª proposta.

Mesmo sendo incluído, este não poderá abranger o ano de 2009.

Susana

M disse...

Que eu saiba ainda não foi aprovada mas foi falado sempre como proposta para 2010, por isso este ano não tens essa hipótese de certeza... para o ano talvez tenhas...

Olhos Dourados disse...

Eu ouvi qualquer coisa, mas como não sou casada nem dei importância.

ISAAL disse...

Olá Sara,
Eu trabalho num gabinete de contabilidade e segundo nos chegou ao conhecimento podem fazer este ano se quiserem, (se lhes der mais jeito), mas não há confirmação, se bem que, no que diz respeito ás finanças nunca há certezas absolutas.

No entanto liga ao helpdesk do portal das finanças e coloca a questão.
O numero está na página do portal.

Espero ter ajudado.

Isabel Almeida

Ana Gomes disse...

Olá. Utilizando a aplicação disponibilizada pelo site das Finanças para entregar o IRS está disponível ajuda em diversos temas. Tendo em conta que a aplicação está definida para entrega do IRS relativo a 2009 assumo que as respostas lá contidas sejam as actuais. Como tal, e com base na ajuda dessa aplicação, deixo aqui a resposta a essa questão:
"A situação pessoal e familiar dos sujeitos passivos relevante para efeitos de tributação é aquela que se verificar no último dia do ano - 31 de Dezembro - a que o imposto respeite.
Assim, se o sujeito passivo tiver contraído casamento durante o ano a que o imposto respeita, deve entregar a declaração relativa a esse ano como casado, englobando os rendimentos auferidos por ambos os cônjuges durante esse ano.(...)Tratando-se de contribuintes casados mas que estejam separados de facto a 31 de Dezembro do ano a que respeita o imposto, pode cada um deles apresentar uma declaração dos seus próprios rendimentos e dos dependentes a seu cargo."
Espero ter ajudado. Bjs

Isa disse...

O meu trabalho está ligado a essa área e preencho alguns IRS. A proposta foi feita no ano passado, mas não passou disso mesmo uma proposta, que nem sequer entrou no orçamento de estado.
As pessoas casadas têm obrigatoriamente que efectuar o IRS em conjunto.

Marta disse...

Sou contabilista e pelo que li e esta em vigor, estou inteiramente de acordo com a Isa. Os casados são obrigados a fazer IRS junto. O o assunto esteve em discussão, mas n foi ainda aprovado e a ser aprovado no OE 10, só teria efeito para o IRS de 2010 e não 2009 (tem logica).
Alias, ele esteve em discussão precisamente porque não se considera justo as "uniões de facto" terem opção e os casados não (trata-se de uma desvantagem fiscal).

O que se pode sim, é casados, mas que vivam em desunião de facto, ou seja que tenham morada fiscal diferente à mais de 2 anos podem voltar a fazer IRS separado (inverso da união de facto que nunca se esqueçam que é necessário "viverem na mesma casa" à pelo menos 2 anos).

Espero ter ajudado.

Vê também...

Related Posts with Thumbnails